31 de janeiro de 2023

EQUIPE DO HOSPITAL DARCY VARGAS realiza reunião com o Consórcio Intermunicipal - SAMU em Ponta Grossa

 

SAMU - SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA

Márcio (Dir HDV) Rinaldo (Enfermeiro-SAMU) Dra Kelly (Médica SAMU) Juliano Coord. PS HDV) Elaine - Chefia Recepção HDV)

Na manhã dessa terça-feria 31/01, o Diretor Geral do Hospital Darcy Vargas, Márcio J. Gobor juntamente com o coordenador do Pronto Socorro Juliano Cesar Semkiw e a coordenadora da recepção Elaine Padilha estiveram na sede do CIMSAMU (Consórcio Intermunicipal dos Campos Gerais) em Ponta Grossa para uma visita e reunião. Fomos gentilmente recebidos pelo Enfermeiro Rinaldo e pela Dra Kelly.

A Pauta da reunião foi QUANDO chamar e QUANDO não chamar o SAMU e o uso de protocolos.

Desde já orientamos a toda população que sempre que precisar de atendimento ligar 192, a equipe vai orientar para um rápido atendimento.

Enquanto Hospital foi possível sanar várias dúvidas quanto a transferências, responsabilidades de cada órgão, Hospital, Secretaria de Saúde e SAMU.


Base SAMU 192


QUANDO CHAMAR
Na ocorrência de problemas cardio-respiratórios;
Intoxicação exógena e envenenamento;
Queimaduras graves;
Na ocorrência de maus tratos;
Trabalhos de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto;
Em tentativas de suicídio;
Crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito;
Quando houver acidentes/traumas com vítimas;
Afogamentos;
Choque elétrico;
Acidentes com produtos perigosos;
Suspeita de Infarto ou AVC (alteração súbita na fala, perda de força em um lado do corpo e desvio da comissura labial são os sintomas mais comuns);
Agressão por arma de fogo ou arma branca;
Soterramento, Desabamento;
Crises Convulsivas;
Transferência inter-hospitalar de doentes graves;
Outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.


QUANDO NÃO CHAMAR
Febre prolongada;
Dores crônicas;
Vômito e diarreia;
Levar pacientes para consulta médica ou para realizar exames;
Transporte de óbito;
Dor de dente;
Transferência sem regulação médica prévia;
Trocas de sonda;
Corte com pouco sangramento,
Entorses;
Cólicas renais;
Transportes inter-hospitalares de pacientes de convênio;
Todas as demais situações onde não se caracterize urgência ou emergência médica.

Importante: Nestes casos e em todos os casos sem caracterização de urgência ou emergência, o paciente poderá ser encaminhado ao posto de saúde ou então as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) mais próximas.


PRECISOU DE ATENDIMENTO DE URGÊNCIA LIGUE 192
















0 comentários:

Postar um comentário